3 métricas que vão te ajudar a avaliar o desempenho do seu clube de assinatura

3 métricas que vão te ajudar a avaliar o desempenho do seu clube de assinatura

por Fernando Henrique em Clube de Assinaturas 18/11/2019 09:30:11

Um clube de assinaturas é um excelente modelo de negócio para quem deseja se colocar no mercado de forma diferenciada, oferecendo mais do que apenas um produto ou um serviço, mas algo de valor, que seja capaz de fidelizar os clientes e, assim, fazer a sua empresa se desenvolver.

Mas não é somente entregar um produto ou um serviço que agrega valor, é importante saber gerir o negócio, por exemplo, fazendo uso de métricas para avaliar o seu desempenho. A seguir, apontamos três que podem ajudá-lo nesse caminho. Para quem ainda não sabe, métricas são um conjunto de parâmetros que mensuram os resultados de uma empresa, permitindo assim, que ela consiga avaliar o seu desempenho.

1. Taxa de conversão

Hoje, a maioria das empresas possui um site ou desenvolve uma estratégia de marketing digital, com o objetivo de garantir maior visibilidade ao negócio, bem como conquistar mais clientes e aumentar o número de vendas. Uma forma de avaliar essa estratégia adotada pelo seu clube de assinatura é utilizando a métrica chamada de taxa de conversão, que diz exatamente o número de potenciais clientes que, de fato, realizaram a assinatura.

Essa taxa permite que a sua empresa tome conhecimento, por exemplo, de quantos potenciais clientes ela captou e quantos, de fato, realizaram a compra de algum produto ou de algum serviço. É uma informação importante que pode ajudá-lo a implementar melhorias em sua estratégia.

2. Ticket médio

O ticket médio é uma métrica superimportante para o setor de vendas do seu clube de assinatura, uma vez que ele mostra quanto a sua equipe está produzindo em vendas concretizadas, reais. Vale dizer que o vendedor precisa ser treinado para vender não um custo, mas um produto ou um serviço que é capaz de agregar valor.

Nesse sentido, é de fundamental importância que o vendedor seja capaz de encantar o cliente com a apresentação dos benefícios do produto ou do serviço que o seu clube oferece, deixando de lado a ideia de custo.

Se o vendedor for capaz de conseguir isso, certamente o ticket médio da equipe de vendas de sua empresa aumentará muito mais.

3. Percentual de itens vendidos por época ou mais vendidos

Outra métrica superimportante para fazer com que o seu clube de assinatura cresça muito mais, é o percentual de itens vendidos por época ou que mais vendem. Por exemplo: o livro X foi um dos mais pedidos ano passado ou os livros de tal gênero. Essa informação garante que priorize os produtos que vendem mais, sendo do gosto da maioria das pessoas, e possibilita que trace uma estratégia diferenciada para aqueles que têm maiores dificuldades para serem vendidos.

Agora que conhece algumas métricas para avaliar o desempenho de um clube de assinatura, adote-as. Certamente, elas poderão ajudá-lo a expandir ainda mais os negócios, de modo que assim, alcance os seus objetivos com certa velocidade.

Mas caso ainda não tenha um clube de assinaturas, aproveite o momento para acessar a nossa plataforma para clubes de assinaturas. Você vai adorar.

Comente

Fique por dentro

Novos posts

Gestão financeira: 3 dicas para não errar na hora de fazer a do seu clube de assinatura
Clube de assinaturas X Afiliados: qual a diferença entre os dois?
Clube de assinaturas: o que podemos esperar desse mercado para 2020?
Por que um clube de assinatura precisa de um bom planejamento?

Social

Mais buscados